Comprar uma impressora 3D – O Guia Oficial da melhor escolha!

Guia de Compra Impressora 3D

A impressora 3D é sem dúvida uma máquina de alta tecnologia que está transformando os processos de fabricação e gerando a criação de projetos exclusivos e únicos. Este equipamento já é amplamente usado para diversos fins industriais, medicinal, odontológico, domésticos, empresarial, consultivo, educacional e em vários outros setores que jamais imaginaríamos a pouco tempo atras. Mesmo assim, uma grande e comum dúvida para quem quer começar nesse universo de possibilidades é a escolha correta. Comprar uma impressora 3D não é simples e portanto criamos este Guia Oficial da melhor escolha para te ajudar!

Esta poderosa máquina tem diversas características, modelos, tamanhos, limitações de plásticos, qualidades e muitos outros aspectos que devem ser levados em consideração antes da compra. Tenha em mente que se para comprar um carro você deve pesquisar e entender sua necessidade, na impressora 3d existem muitos fatores importante para conhecer e levar em consideração. Não existe uma receita básica, mas, após a leitura de todo artigo, consideramos que você saberá avaliar por completo o melhor custo benefício de impressora 3d para você.

Por isso, elaboramos este guia completo, com todas as informações relevantes para você tomar a decisão da impressora 3d ideal para sua empresa, seu negócio ou para você mesmo. Iremos trabalhar com os temas abaixo:

  • Aplicações ou finalidade
  • Local de trabalho
  • Investimento
  • Equipamentos disponíveis e suas características
  • Requisitos para filamentos
  • Fornecedor
  • Manutenção
  • Softwares de impressão

Após a leitura do nosso artigo, você estará preparado para escolher o melhor modelo de impressora 3d para o seu caso específico e, assim, poder usufruir de todas as oportunidades.

Vamos lá?

Análise crítica

Atualmente temos no mercado nacional e externo muitos modelos de impressoras 3D, com diversas features, tamanhos, volumes, recursos e também preços que variam bastante. É possível encontrar  pontos fortes e positivos, assim como negativos nas diversas opções oferecidas. Para encontrar qual será a impressora 3D que melhor irá lhe atender a você, seu negócio ou ainda a empresa onde você trabalha, é necessário analisar alguns fundamentos importantes antes da decisão de compra. Eles servirão para lhe orientar dentre os modelos disponíveis e evitar que você gaste além do necessário, imprima peças dentro de sua expectativa de qualidade e tempo, no material plástico correto para seu projeto.

Veja abaixo estas análises importantes:

Finalidade das peças

Um dos primeiros pontos desta análise é entender que tipo de peças você precisa imprimir, qual é a finalidade o aplicação deste objeto 3d. Esta questão é de extrema importância para definir os materiais que serão utilizados, tamanho, recursos obrigatórios e softwares para trabalho com esta impressora. Desta maneira crítica você irá norteando sua decisão de qual impressora 3D adquirir.

Para que possamos ter ajudar de maneira prática e rápida, elaboramos uma série de perguntas que devem ser respondidas e analisadas. Procure responder junto de seu parceiro, gerente ou algum amigo técnico de confiança:

  • Qual o tamanho das peças que serão impressas? Grandes? Pequenas?

Tamanho é muito subjetivo se ficarmos na palavra grande e pequeno. Tenha em mente que tamanho de impressora está diretamente ligada a preço. Se você não precisa imprimir peças com dimensões superiores a 20X20X20cm para que investir em uma impressora com mesa de 30X30x30cm?

Tamanho de peças impressas 3D
Diferentes tamanhos de peças impressas 3D

Talvez você irá imprimir apenas peças pequenas com cerca de 4 cm, circular na base, mas o número de peças a ser replicadas é grande. Uma impressora com mesa de 20 X 20 poderia te entregar no máximo 16 peças por vez, já uma impressora com mesa de 30×30 poderia na mesma impressão entregar 28 peças. Você evitaria ter que reiniciar muitas impressões. Todo novo setup ou início de impressão exige um tempo de aquecimento e retirada das peças.

Dependendo ainda da geometria de suas peças, talvez um boa opção seja uma mesa reduzida, mas com altura maior em torno de 40 cm. Para vários projetos, impressoras com o eixo Z (altura) bem maior do que X e Y são mais indicadas, como as impressoras tipo Delta.

  • Quanto de detalhe ou resolução você precisa?

Quando falamos em resolução, geralmente o cliente potencial de uma impressora 3d olha apenas a menor altura de camada, ou os micron que essa impressora é capaz de fazer. Sem dúvida para quem precisa de precisão esta é uma importante informação. Entretanto a maior parte dos usuários descobre após a compra que ele na verdade não precisa imprimir com a melhor resolução da sua impressora o tempo todo. Se você é novo no ramo de impressão 3d, saiba que altura de camada é a altura de cada linha que forma suas peças, então quanto mais fina, mais bonita a peça fica, mas a impressão fica mais demorada. Você quer comprar uma impressora 3d mais rápida, mas está disposta a eventualmente abrir mão de qualidade?

Altura de camada Impressora 3D
Altura de camada e tempo de impressão 3D

Além disso muitas vezes, altura de camadas mostram linhas, mas dependo da impressora que você irá escolher,  a vibração incomodará mais do que o tamanho da camada. Sim, vibrações laterais, ou nos eixos x e y, pois existem limitações mecânicas e eletrônicas para cada máquina. Claro que muitas vezes estas limitações são imperceptíveis ao olho nu.

Uma alternativa boa para sanar esta dúvida é verificar pessoalmente uma peça que aquela impressora que você pretende adquirir consegue fazer na resolução que você precisa. Vários fabricantes enviam para o cliente, caso solicitado, antes da compra, uma amostra de peça feita na resolução pedida para avaliação.

Então se você está preocupado a este respeito, não deixe de pedir uma peça de amostra ou se possível, verifique com alguém que tenha uma impressora idêntica à que você pretende comprar se esta máquina é capaz de gerar os objetos que você precisa.

  • Qual finalidade suas impressões terão? Serão objetos decorativos? Sofreram esforço ou precisão de resistência? São peças técnicas?

A resposta a esta questão é muito importante para definir a escolha da melhor impressora 3d para você. Sabemos da dificuldade de saber todos os detalhes de um projeto antes de começar, mas tente planejar também pensando nesta pergunta.

Se a resposta é que a peça é decorativa você pode optar por impressoras abertas, sem mesa aquecida e ficar apenas usando o filamento PLA. Caso as peças precisem de algum esforço ou resistência a impacto, impressoras fechadas e com mesa aquecida deixam de ser um artigo desejado para se tornarem itens obrigatórios em sua impressora 3d. Caso opte por uma impressora que não tenha qualquer uma dessas opções dificultará muito o uso de filamentos que imprimem peças com alta resistência térmica ou mecânica.

  • As peças precisam ter mais de 1 cor? Precisam trabalhar com mais de um tipo de plástico?

Nesta pergunta temos duas vertentes. A primeira é que você pode optar por impressoras que tenham mais de uma extrusora, ou seja, conseguem imprimir em mais de uma cor ou material de uma vez. Então você deve levar isto em consideração. Impressoras com dulplo extrusor costumam subir consideravelmente de preço, então avalie a pergunta da sequência com a segunda vertente. É válido lembrar que a impressão de mais de um material permite que um deles seja solúvel a algum solvente como o HIPS para D-Limoneno e o PVA para a água. Desta forma é possível fazer a impressão de suportes que serão facilmente removidos, bastando apenas deixar e peça imersa em solução.

Dissolvendo material HIPS de suporte
Dissolvendo material HIPS de suporte
  • A peça precisará de acabamento final?

O segundo aspecto que deve ser avaliado e mais comum é que as peças serão impressas em apenas 1 cor e após a impressão serão pintadas. O filamento que tem melhor resultado para acabamento após a impressão são os filamentos ABS premium, pois aceitam bem lixa e tem boa aderência de primes e posteriormente pintura. Para imprimir bem com ABS recomendamos que ela seja fechada e obrigatoriamente tenha mesa aquecida.

  • Qual temperatura e ambiente as peças serão expostas?

Se sua peça ficará exposta ao sol ou terá aplicação dentro de um carro ou ainda contato com calor de alguma fonte ou equipamento, dificilmente você poderá imprimir apenas com filamento PLA. Sendo assim impressora com mesa aquecida é importante para você. Assim você irá conseguir imprimir filamentos plásticos que suportam temperaturas mais altas sem deformação, como o ABS Premium +, o PETG XT e o Tritan HT.

  • As peças impressas terão contato com algum solvente ou produto químico?

Se sua peça precisa de contato com produtos químicos você precisa trabalhar com um filamento que seja capaz de lidar com tais solventes. Geralmente os co-poliesteres são os mais indicados para estes casos, como o PETG XT e o Tritan HT. Sendo assim sua impressora precisa certamente ter mesa aquecida para imprimir com estes filamentos , ventilação forçada e bico all metal.

Área de uso da impressora

  • Qual será o uso da impressora? Doméstico, empresarial, educacional ou outro?

Para uso profissional e empresarial, muitas vezes montar uma impressora com kit, comprar um impressora 3d importada ou impressoras mais básicas podem ser uma furada.

As impressoras básicas e de entrada como a prusa, graber, e modelos baseados nestas plataformas, sejam de kit ou não, são excelentes opções para aprender a lidar com tudo que uma impressora 3d exige de conhecimento. Entretanto, o movimento de cabeçote e constantes vibrações com certeza levarão a inúmeras manutenções. Isto é, um processo de aprendizado longo e constantes ajustes para se tirar boas peças.

Para uso profissional, atualmente recomendamos primeiramente que ela seja do tipo Core XY, onde a mesa movimenta apenas na vertical e o carrinho da impressora faz os movimentos de X e Y. Além de menor índice de manutenção, as peças geralmente terão menos vibração.

  • Você pretende trabalhar com a impressora fazendo projetos? Qual é o volume de impressão esperado?

Da mesma forma, você pode até ter um uso doméstico, mas se sua necessidade de retirada de peças é muito grande, a avaliação deve passar pelo mesmo critério acima de uma impressora com uso empresarial/profissional.

  • O espaço alocado para sua impressora será aberto com acesso a outras pessoas?
Local de trabalho de uma impressora 3D
Local de trabalho de uma impressora 3D

Na área educacional e industrial este fator deve ser seriamente levado em consideração. Nestes casos deve ser avaliado quais pessoas que irão usar a impressora 3d e o ambiente. Seja para evitar acidentes se ela for aberta ou sobre o conhecimento das pessoas que a utilizarão, para então escolher uma máquina que tenha softwares 3d e fatiadores mais amigáveis, para o caso de usuários com pouco conhecimento.

  • O local de instalação a impressora 3d pode ter ruído, a aparência é importante?

Muitas vezes a impressora 3d ficará expostas em locais luxuosos, requintados, chiques e devem ter uma preocupação com a estética que devem oferecer. As impressoras montadas e de alguns fabricantes nem de perto podem ser boas alternativas, pois frequentemente apresentam fios à amostra, eixos, fontes e literalmente, como dizem decoradores, irão gritar no seu ambiente. Existem várias opções de impressoras 3d com design super moderno que fazem seu trabalho de impressão perfeitamente.

Outro fator pouco analisado na compra é o ruído. Alguns ambientes exigem concentração e para outros, o barulho da máquina pode ser um incomodo para seus clientes. Então, impressoras fechadas sem dúvidas são uma melhor escolha. Além disso, se você tem esta preocupação, não deixe de ver a máquina que irá comprar, operando pessoalmente para avaliar, pois a diferença de ruído gerado entre os diversos fabricante é grande.

Montar uma impressora 3d ou comprar montada

Uma opção interessante buscada por algumas pessoas é a montagem da própria impressora. Esta opção pode sair bem mais barato do que comprar uma pronta, entretanto deve ser avaliado sobre alguns aspectos, pois este barato pode sair caro. Mas apesar disto, montar uma impressora trará um aprendizado muito importante, facilitando na operação e manutenção da impressora 3d. Se este é o seu interesse, recomendamos responder às seguintes questões:

  • Qual é o seu nível de conhecimento em eletrônica e mecânica?

Se você nunca mediu a tensão de uma fonte, polaridade ou nunca nivelou um equipamento avalie e considere a aquisição de uma impressora 3d pronta para o uso.

  • Quanto tempo você pode dedicar e gastar para a montagem?

Kits muito conhecidos vindos da China são Anet8, CR10 e Tarantula. Os preços em sites chineses, como Aliexpress são tentadores, começando em U$100,00. Para uma pessoa com boa habilidade com ferramentas e atenta aos manuais, o tempo esperado entre a montagem completa até o funcionamento perfeito de uma impressora é de aproximadamente 40 horas de dedicação exclusiva.

Comprar kit de impressora 3d da China?
Comprar kit de impressora 3d da China
  • Qual é o prazo limite que você tem para ter a máquina montada, calibrada e funcionando?

Se você já tem um produto que depende de uma impressora 3d para ser lançado e tem pouco tempo, talvez leve 3 meses ou mais para montar sua impressora 3d. Quando se trata de novidade, perder a oportunidade de lançar primeiro sua ideia pode decisivo em seu sucesso. Talvez a economia na montagem no final não valerá a pena.

  • Você tem paciência em montagens longas e habilidade com ferramentas?

São muitas peças pequenas que exigem encaixes, apertos e medições. Você tem habilidade para usar ferramentas? Se respondeu não a esta pergunta e se você é uma pessoa impaciente, recomendamos a compra de uma impressora 3d montada.

  • Você gosta de leitura de manuais e de assistir a videos tutoriais?

Montar um impressora 3d exige paciência em leitura de manuais muitas vezes não muito amigáveis. As vezes é necessário participar de fóruns de discussão, grupos de whatsapp e até leitura de alguma literatura em inglês. Muitos kits chineses não acompanham manuais e você deve seguir tutoriais em vídeos como no youtube.

Veja abaixo um exemplo de tutorial:

Agora uma montagem da Anet A8:

Recomendamos fortemente, se você ficou na dúvida em qualquer um dos itens acima, a adquirir a máquina de algum fabricante que a entregue montada e pronta para o uso.

Investimento disponível

Esta recomendação parece obvia, mas o orçamento deve ser o primeiro item a ser levado em consideração antes de todas outras análises. Assim como com os carros, onde temos os populares e os super esportivos e luxuosos, as impressoras 3D para entregar alguns “mimos” pequenos, mas que ajudam bastante, tem preço com variação enorme.

  • Quanto preciso investir para comprar a impressora 3D?

Não existem uma regra de qual valor deve ser investido, mas você deve se atentar principalmente as peças que serão impressas. Tenha certeza de que comprar uma impressora 3d que não imprime uma peça com características que você precisa pode ser muito frustante. Então, coloque o quanto pode gastar com a aquisição de uma e não abra mão dos recursos que são essenciais para tirar boas peças com os filamentos que você precisa.

Existem oportunidades que iniciam em aproximadamente R$1400,00 aqui no Brasil, mas pode se estender a algumas centenas de milhares de dólares.

  • Estou considerando uma impressora que tem um recurso adicional específico, mas ela é mais cara. Vale a pena?

Vamos dar 2 exemplos importantes:

  1. No primeiro caso, avaliar por exemplo se a impressora tem ou nivelamento automático. Para você que está lendo e tem uma máquina com nivelamento automático, com certeza falaria que não vive mais sem este recurso e mesmo que custe muito mais caro, estaria disposto a pagar. Ter que regular a mesa e calibrar com frequência é demorado e minucioso.
  2. O segundo exemplo é uma impressora que tem tela de LCD para contar metros de filamentos no carretel. Você pode pagar mais de 5 mil a mais para se dar a esse luxo. É tão simples saber quanto tem ainda de filamento para ser consumido ou trabalhar com estoque de filamento extra que com certeza não valerá tal investimento. Claro, a Ferrari das impressoras 3D existe e se você tem o recurso para adquirir estes recursos extras sempre são legais.

Recomendamos a você que nos passos abaixo a você tome nota do que é ou não essencial para sua tomada de decisão ao longo deste artigo. Serão várias perguntas e informações relevantes para você escolher a impressora ideal para você. Para você que já estava quase comprando um determinado modelo pode ser que você confirme suas convicções de compra ou mude de ideia.

Quais plásticos você irá usar

Se você deseja ou precisa imprimir com toda a linha disponível de filamentos (ABS, PLA, PETG XT, Flexivel, Tritan HT) várias impressoras 3d tem uso limitado a alguns filamentos. Caso você também tenha a necessidade de imprimir peças extremamente resistentes, com fusão de camada superior, e neste caso com certeza recomendaríamos o filamento Tritan HT, não é qualquer impressora que dá conta do recado. Veja abaixo os fatores que limitam o uso.

Outra fator importantíssimo a ser levado em conta é se você precisa usar filamentos que irão ter forte contração em seus projetos. Caso você precise imprimir com ABS, trabalhar com impressora aberta pode ser um erro grande.

As principais características das impressoras 3D

Aberta ou fechada

As impressoras 3D podem ser abertas quando toda a estrutura seja mecânica ou até da peça está exposta seja ao tato ou ao contato do com o ar. As impressoras fechadas na sua grande maioria tem um estrutura para enclausuramento seja da mecanica como também para trabalhar melhor com alguns polímeros.

 Alguns fabricantes de impressora trabalham com hotend que não são do tipo all metal. Na parte interna desta peça importante tem um tubinho de plástico, geralmente ptfe, que ao subir a temperatura para acima de 250 graus ele se danifica o que torno um impeditivo para trabalhar com filamento Tritan HT, que necessita em alguns casos de até 280 graus no bico.

Existem impressoras no mercado onde fabricante seja por segurança ou também por não terem o hotend all metal limitam a temperatura máxima (comum de 230 a 250 graus) e você não poderá usar alguns dos filamentos do mercado mais importantes.

Quer saber mais sobre os pontos positivos e negativos das impressoras abertas ou fechadas? Siga por este artigo que preparamos especialmente para você!

Topologia da máquina

Pela topologia da máquina, podemos criar 3 grupos:

  • Cartesiana
    A configuração de Impressoras 3Dcartesianas  é a mais comum, e significa que os movimentos de impressão acontecem nos eixos ortogonais X, Y e Z. Uma sub-configuração que tem ganhado grande destaque nas cartesianas é a Core XY, que apresenta o um bico que se movimenta nos eixos X e Y, enquanto a mesa se movimenta apenas no eixo Z (ela sobe e desce).
  • Delta
    São impressoras que tem um movimento mais complexo e tem algumas vantagens, dentre as quais, maior velocidade de impressão e capacidade de impressão volumétrica.
  • Scara
    Este tópico está aqui apenas para mostrar que a impressão 3d está em constante evolução! Esta topologia é experimental e a impressora trabalha basicamente como um robô industrial em uma linha de montagem. Um dos projetos pioneiros nesta categoria é o projeto Morgan.
Topologia das Impressoras 3D
Topologia das Impressoras 3D

Cada modelo, se bem calibrado, é capaz de entregar boas velocidades de impressão e alta qualidade.

Mesa de impressão

Você já deve ter lido em algum lugar que a mesa de algumas impressoras é aquecida e outras não. A pergunta recorrente feita é se a impressora precisa ter mesa aquecida.

Recomendamos para você, que neste momento está pensando em comprar uma impressora 3d, que sem dúvida alguma adquira uma máquina com mesa aquecida. Mas fique atento e verifique com seu futuro fornecedor se a mesa aquecida chega a 110º C reais e distribuídos de forma uniforme sobre o plano.

Isto é super importante para que você possa trabalhar adequadamente com toda linha de filamentos que existem no mercado. Esta mesa pode ser de alumínio, vidro ou cerâmica, mas eu não abrimos mão de comprar ela sem o aquecimento e ficar limitado à impressão com PLA como único material possível de ser impresso.

Você pode estar pensando em comprar um equipamento sem mesa aquecida, com a possibilidade e fazer um upgrade no futuro. Faça uma boa análise neste quesito, pois uma adaptação futura pode exigir maiores adequações, como a troca de fonte de energia para suportar a nova potência. A estrutura mecânica nem sempre permite um bom acoplamento de uma nova mesa.

Se a mesa não for aquecida, o ABS se descolará da mesa e até o PETG XT pode empenar.

Então lembre desta dica, recomendamos impressoras 3d com a mesa aquecida!

Sistema de alimentação

Praticamente nas impressoras 3D temos 2 tipos de alimentadores (método de extrusão):

  • Direct Drive (DD ou ainda alimentação direta)
    Neste método  o motor que traciona o filamento está acoplado ao carro de movimentação.
  • Já no outro que é chamado de Bowden (sistema indireto)
    Possui o motor tracionador separado do carro, muitas vezes fixado na parte externa da impressora.

Basicamente os dois sistemas funcionam perfeitamente bem, mas ainda assim geram desempenhos diferentes informados abaixo.

Como característica do Direct Drive, o filamento não tem que caminhar por um percurso longo até o extrusor. Isso no caso dos filamentos flexíveis (filamento flex) permitirá um melhor ajuste evitando a dobra deste tipo de filamento em pequenas folgas no caminho até o extrusor.

Já nas impressoras 3d do tipo Bowden o carrinho fica mais leve não tendo peças e motor do extrusor. Com isso você pode usar velocidades mais altas de impressão sem gerar muita vibração, afinal a inércia será muito menor neste tipo de sistema.

Dependendo dos ajustes e detalhe de projetos de cada fabricante, ambos tipos de alimentação podem ser ajustados de forma a conseguir desempenho semelhante.

Hot End

Basicamente temos 2 tipos de hot end: all-metal e com PETF (teflon) e PEEK

O extrusor all metal tem toda sua estrutura interna e externa em metal, o que permite trabalhar com temperaturas mais altas e se torna um item obrigatório para quem deseja usar os filamentos Tritan HT, que precisam trabalhar com temperaturas próximas a 270 graus. Além disso, um erro comum em alguns fabricantes é ter esta peça mal usinada (com rebarba ou com abrasivos em sua parte interna) o que dificultará a impressão.

Hot ends all metal também tem um sistema de ventilação ativo que isola a zona de derretimento. Uma zona de derretimento menor e mais controlada permite retrações mais limpas e melhor qualidade nas impressões.

Já os extrusores com PTFE / teflon e PEEK interno permitem uma melhor lubrificação na passagem, otimizando ou fazendo desnecessário o uso de óleos lubrificantes no uso dos filamentos PLA. A desvnatagem fica por não permitirem trabalho com temperaturas acima de 250 graus, já que danificaria este plástico existente na parte interna do extrusor. Você irá trabalhar com a maior parte dos filamentos sem problema, mas com Tritan HT não.

Os softwares de impressão

Um outro fator que é pouco analisado pelos comprador de uma impressora 3d é o software de fatiamento que acompanha essa impressora.

Existe hoje um software profissional e pago que é o Simplify 3D. Este programa tem vários recursos indisponíveis nos softwares gratuitos que podem ajudar bastante na impressão. Além disso o Simplify trabalha melhor nos movimentos e para peças grandes a redução no tempo de impressão pode ser grande, tanto para gerar os arquivos de impressão, quanto em tempo de impressão. Para você que irá trabalhar profissionalmente com impressão, este software é de suma importância.

Vários fabricantes comercializam suas impressoras já com uma licença para esse software. Não é barato, então considere sim no orçamento os fabricantes que estão oferecendo ele junto. Uma licença deste software custa aproximadamente U$149,00.

Os softwares mais comuns, Slic3r e Cura tem desempenho semelhante e podem ser baixados gratuitamente na internet. O CraftWare também é um fatiador gratuito que tem chamado atenção dos usuários de impressoras 3D.

A pergunta mais importante que você deve fazer para o fabricante neste momento, além de qual software de fatiamento vem com a impressora, é se ele envia junto, os diversos perfis de impressão para todos as qualidades e tipos de filamentos. Muitos fornecedores não oferecem essas configurações básicas e um novato no mundo 3d passará por muita dificuldade até conseguir ajustar todos os parâmetros de fatiamento. Fica a dica, escolha impressoras 3d que mandem as configurações de fatiamento para todos os filamentos junto com a impressora.

Simplify 3D

Simplify3D 4
Simplify3D 4

 

Este é o software pago que recomendamos. Permite uma infinidade de ajustes, sem perder a amigabilidade em sua utilização. O simplify3d é compatível com a maioria das impressoras 3d do mercado.

Cura

Cura Tela
Fatiador Cura

Programa gratuito, o Cura também de fácil utilização. Este software foi criado para trabalhar com as impressoras importadas da Ultimaker, mas, assim como o Simplify 3D, também trabalham com a maioria das impressoras 3D.

Slic3r

Tela do fatiador Slic3r
Tela do fatiador Slic3r

O chamado Slicer, é uma forte opção gratuita. É fatiador bem completo e um dos mais utilizados em todo o mundo. Faz parte de um projeto de desenvolvimento aberto, o que permite a contribuição de programadores de todos os cantos. Um ponto alto deste software é que por receber uma contribuição massiva, costuma estar à frente das novidades em termos de fatiamento.

Fornecedor da Impressora 3D

Depois de muito falar sobre as máquinas e seus recursos, termoplásticos, softwares e muito mais chegou a hora de avaliar o fabricante ou revendedor das máquinas. Abaixo listamos outros fatores importantes na escolha de um fabricante ou revenda de impressoras 3d.

Suporte técnico

Seja você um usuário avançado ou iniciante, em algum momento você vai precisar de suporte técnico. É fundamental que o fabricante ou revenda deste equipamento ofereça ajuda necessária para que seus clientes utilizem com sucesso a impressora 3d.

Procure saber antes da compra os canais que a empresa disponibiliza esse suporte, horários de atendimento e por quanto tempo ele é oferecido após a compra.

Garantia

A garantia do produto é um ponto importante. Os investimentos em maquinário geralmente são altos e não é possível pensar em ficar com uma máquina parada ou perder um investimento porque a impressora 3d estragou ou precisa de manutenção. Avalie qual é o período de garantia, regras e exclusões.

Manutenção

Este é um ponto muito delicado, pois com certeza sua impressora 3d precisará de alguma manutenção no futuro. Mesmo nas melhores empresas do mercado, conseguir um suporte completo para sanar um problema é bastante complexo.

Temos um país com dimensões continentais e fretes caros. Dificilmente você irá encontrar uma empresa que no seu primeiro relato de problema, mande recolher a impressora para manutenção. Mesmo que isto aconteça, não é interessante visto que o tempo de ida e volta da máquina é longo, podendo ainda ser danificada no transporte.

Os fabricantes tem na sua maioria, dado suporte por e-mail, telefone e whatsapp. Enviam peças de reposição ou propõe manutenções para que o próprio usuário tente resolver. Alguns fabricantes após alguns testes e tentativas acabam recolhendo a máquina, mas em sua maioria, o suporte é feito à distância.

Pergunte ao vendedor da sua máquina se na sua região existe alguém do suporte que poderá te ajudar pessoalmente, mas acreditamos hoje que na maior parte dos estados brasileiros não contam com um profissional por perto autorizado a fazer um reparo pelo fabricante.

Avaliação de clientes

Uma maneira comum hoje na internet para se escolher um produto é verificar como aquela empresa e produtos estão sendo avaliados pelos seus clientes (pessoas que já compraram o produto). Alguns fabricantes de impressoras 3d nacionais já oferecem este tipo de avaliação dentro do site e pode ser uma boa referência (estrelinhas e review).

Hoje foruns e redes sociais como grupos de facebook, reúnem milhares de usuários que já tem mais de uma impressoras 3d e já tiveram as mais diversas dificuldades e experiências. Basta uma pergunta simples sobre suas dúvidas com relação a qualidade de um marca ou modelo específico e você terá um grande número de retornos dos mais diversos. Nestes retornos, converse individualmente com alguns para saber o que estão achando da compra que fizeram, problemas e pontos positivos e negativos com a aquisição de tal máquina.

Este passo pode ser decisivo em seu processo de compra, principalmente quando você já estiver em uma escolha final entre 2 ou 3 marcas.

Esta dica importante evita que você fique apenas na opinião dos fabricantes que tentaram com seus vendedores mostrar apenas as vantagens de sua impressoras 3d.

Relação entre o custo e benefício

A gama de impressoras 3d disponíveis para escolha é muito grande. Nem sempre a impressora 3d mais cara é certeza de boa qualidade, e existem muitas impressoras baratas que fazem um bom trabalho. Por isso tente avaliar a melhor relação de custo e benefício para você e seus projetos.

Pense no futuro uso dessa a impressora. Se você quer um equipamento para divertir ou impressões de pequenos projetos, sem muita complexidade, não faz muito sentido investir um valor grande.

Da forma oposta, se você quer uma impressora para trabalhar, que entregue peças de alta qualidade, com boa resolução e suporte do fabricante, precisa fazer uma escolha de uma impressora 3d capaz de garantir o resultado desejado.

Avalie a relação de custo e benefícios. Veja quais são as vantagens e desvantagens de cada modelo, fabricante e coloque o seu objetivo nesse plano para encontrar qual a melhor impressora 3D comprar.

Comprar uma impressora 3D. Afinal, qual será?

Neste guia, foi possível compreender que são inúmeras as possibilidades da tecnologia aliada a impressoras 3d. Diversas áreas da indústria podem se beneficiar com os recursos advindos desta máquina poderosa.

Além do uso industrial ela também é uma ferramenta poderosa na mão de hobistas criando projetos sob demanda ou ainda para uso comercial de peças finais.

Seja qual for o uso, a escolha da melhor impressora 3d para você é importante. Escolher certo evitará que você compre um equipamento que não atenderá suas necessidades ou investimento maior que o necessário.

Foi possível também apresentar as característica mais comuns dessa tecnologia para que você entre nesse mundo de várias possibilidades.

Com todas essas dicas, perguntas e informações você já se decidiu ou mudou sua escolha? Se você já se decidiu, não deixe de conferir também como ganhar dinheiro com uma impressora 3d neste artigo incrível!

Caso ainda tenha dúvidas a equipe da 3D Fila está a disposição para tentar auxiliar nessa importante escolha. Entre em contato conosco e não deixe de dar uma espiada em nosso Guia de Soluções!

 

    X
    Bem-vindo a 3D Fila
    Seja bem-vindo!
    WooChatIcon 0