Perguntas e Respostas sobre Impressoras 3D

Impressoras 3D

As impressoras 3D chegaram de vez no mercado consumidor e estão cada vez mais disponíveis em modelos variados com diferentes níveis de complexidade e performance na impressão 3D.

Mesmo não sendo considerada como uma tecnologia nova, a impressão 3D atingiu diferentes patamares da produção industrial somente nos últimos anos, ficando disponível também para o consumidor comum. 

Esta abrangência na atuação da impressão 3D fez com que cada vez mais pessoas conheçam e façam parte desta revolução, tornando a tecnologia mais acessível a todos os usuários.

Com isso, é importante esclarecer as principais dúvidas dos usuários para que consigam manter o panorama de crescimento da utilização das impressoras 3D. 

Esclareça as suas dúvidas com as impressoras 3D utilizando o nosso guia de perguntas e respostas. Continue acompanhando a nossa publicação! 

Perguntas e Resposta sobre as Impressoras 3D

É importante saber todas as informações sobre a tecnologia de impressão 3D e as suas incríveis capacidades de aplicação e atuação.

As perguntas e respostas mais comuns serão postas com a finalidade de sanar todas as dúvidas em único local. 

1 – O que é “impressão 3D”? 

A impressão 3D é um processo de manufatura aditiva e neste processo os materiais são dispostos através de camadas na peça que está sendo fabricada.

Os equipamentos que realizam esse tipo de processo de fabricação são chamados de impressoras 3D e possuem algumas variações neste processo, como o FDM, SLS e SLA. 

2 – O que é possível imprimir numa impressora 3D?

Inicialmente esta tecnologia foi amplamente utilizada para a criação de protótipos.

Com o avanço da tecnologia, as impressoras 3D possuem atualmente a capacidade de criar qualquer objeto e inclusive está sendo utilizada em escala industrial, auxiliando na produção de carros, casas e próteses humanas. 

3 – Quais os tipos de processo de impressão 3D existem atualmente? 

Os mais comuns são três, FDM, SLS e SLA. Existem outros processo mais específicos e que são utilizados em fabricações especiais. 

  • FDM, do inglês Fused Deposition Modeling, que produz os objetos camada por camada a partir de um ponto inicial;
  • SLS, do inglês Selective Laser Sintering, que utiliza um laser para endurecer e aglutinar pequenos grãos de plástico, cerâmica, vidro, metal ou outros materiais;
  • SLA, do inglês Stereolithography, que utiliza uma resina que solidifica através da cura de luz ao incidir sobre a resina um laser. 

4 – Quais as partes das impressoras 3D? 

As impressoras 3D comuns possuem quatro partes primordiais ao seu funcionamento e são elas:

  • o microcontrolador, considerado como o cérebro que coordena a impressão 3D;
  • os motores, que irão mover o bloco de extrusão ou a mesa de impressão para que a impressão 3D seja efetuada de fato;
  • a própria estrutura da impressora 3D em si que pode ser considerado como o esqueleto da impressora 3D;
  • o bloco de extrusão, que contém o filamento ou o laser que irá realizar a construção das camadas. 

5 – Como funciona uma impressão 3D comum? 

O processo de impressão 3D geralmente é composto de algumas etapas que são essenciais para o sucesso da fabricação.

Primeiramente é feito o pré-processamento com softwares específicos para a impressão 3D.

Após isso a peça é enviada para a produção de fato e pode ser realizado também uma etapa de pós-processamento para dar acabamento e finalizar a peça. 

6 – Quais os materiais utilizados na impressão 3D? 

Os materiais mais comuns na impressão 3D são utilizados pelas impressoras 3D FDM, que também são consideradas como as mais utilizadas.

Estes materiais variam desde a sua origem e capacidade de impressão 3D. Alguns são:

  • PLA, ou Poliácido Láctico, é um material biodegradável e de origem vegetal;
  • ABS, ou Acrilonitrila Butadieno Estireno, é feito a partir do petróleo e possui alta resistência e durabilidade;
  • TPU, ou Poliuretano Termoplástico, já oferece maior maleabilidade e flexibilidade para a peça final. 

7 – E só existem estes materiais? 

Claro que não!

Atualmente são realizadas diversas pesquisas que a cada dia descobrem outros materiais que podem ser impressos 3D.

Dentre os mais famosos estão os metais e as chamadas “bioinks”. Os metais estão fazendo sucesso no ambiente industrial para aplicação nas linhas de produção e as “bioinks” estão revolucionando o mercado de impressão 3D para medicina. 

8 – Quanto tempo dura uma impressão 3D? 

O tempo de uma impressão 3D pode ser afetado através de diversos fatores, como a precisão da peça, o tipo de material utilizado, o tamanho da peça e até no estilo da impressora 3D.

Geralmente este processo pode variar de alguns minutos até diversas horas, sem contar o processo de finalização e pós-acabamento da peça impressa 3D. 

9 – Eu posso imprimir uma impressora 3D? 

Esse é o sonho de alguns entusiastas da impressão 3D, de construir a sua próxima impressora 3D a partir do próprio processo de impressão 3D.

Confuso um pouco né? 

Atualmente ainda não é possível imprimir uma impressora 3D totalmente, principalmente por possuir partes de componentes metálicos e de circuito impresso.

Além disso, algumas partes também necessitam de resistência a altas temperaturas e esforço mecânico, o que inviabiliza essa fabricação. 

10 – Quanto custa uma impressão 3D? 

Do mesmo jeito que o tempo de uma impressão 3D varia de acordo com diversos fatores, o custo também pode variar.

Desde o tempo total de impressão, a quantidade de material gasto e a precisão da impressão 3D, são pontos importantes na hora de se calcular o custo da impressão 3D de um objeto. 

11 – E quanto custa uma impressora 3D? 

Uma impressora 3D pode variar bastante o seu preço, principalmente no mercado brasileiro. Mesmo que não seja considerada como uma tecnologia “barata”, a impressão 3D pode ser sim bastante acessível.

Alguns modelos de impressoras 3D podem variar de centenas de reais e custar até milhares de reais, de acordo com o bolso de cada comprador. 

12 – E os direitos autorais dos objetos impressos? 

A questão dos direitos autorais ainda continua a mesma quando considerada a propriedade, seja com a fabricação de uma impressão 3D ou modelando com farinha e agua.

Um boneco de um filme para colocar na estante da sala ou na mesa de trabalho dificilmente irá gerar algum tipo de processo, enquanto a fabricação e venda de um modelo de um herói do filme idêntico ao vendido na loja pode sim causar problemas. 

Nestas horas é sempre importante o bom senso antes de pensar em realizar uma impressão 3D de um modelo que não seja próprio. 

13 – E a questão da impressão 3D de armas de fogo? 

Este é um ponto muito importante na discussão da impressão 3D, com algumas polêmicas já sendo inclusive levadas a julgamento.

Enquanto a lei ainda não diz nada sobre a produção de armas de fogo utilizando a impressão 3D, o usuário deve saber do perigo antes de se aventurar.

Como exemplo, a lei americana exige que toda arma de fogo seja detectada por detectores de metal – o que impacta no acréscimo de pedaços de metal nos modelos para impressão 3D. 

14 – É possível imprimir com cores? 

Sim, já existe a possibilidade da impressão 3D em cores.

Uma forma mais simples é a substituição dos filamentos de acordo com a cor desejada, o que nem sempre pode gerar os melhores resultados.

Algumas impressoras ainda possuem dois extrusoras o que permite alternar os filamentos de modo mais fácil. 

As impressoras que fazem a sinterização a laser são as melhores nesse quesito pois podem variar a cor da camada durante a impressão 3D. 

15 – O que tem dentro de um objeto impresso 3D? 

O objeto impresso 3D possui o formato que você definir, inclusive no seu interior.

Este ponto é importante até no cálculo do custo, pois a diferença entre um modelo oco e um modelo totalmente preenchido no seu interior é a quantidade de filamento utilizado, o que irá impactar no custo e no tempo de impressão 3D.

Esta característica também pode ser configurada nos softwares de impressão 3D e impacta também a resistência mecânica do objeto. 

Saiba mais! 

É importante conhecer todos os detalhes e informações do mundo das impressoras 3D para ter mais sucesso e eficiência na fabricação de objetos impressos 3D.

Esta incrível tecnologia possui diferentes pontos importantes e características que fazem com que seja cada vez mais utilizada em casas, hospitais, indústrias e outros locais. 

Quer saber mais sobre a impressão 3D? Conheça a 3D Fila e fique por dentro das últimas novidades na área! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *