Impressora 3D: acabe com as suas dúvidas sobre o assunto!

Impressora 3D

Ter uma impressora 3D está se tornando realidade para um número cada vez maior de pessoase empresas.

É inegável que a tecnologia de impressão 3D se desenvolve em grande escala, promovendo uma tendência mundial e uma revolução no que diz respeito a fabricação de produtos físicos a partir de modelos digitais.

Mesmo tendo esse crescimento através do desenvolvimento tecnológico, muitos consumidores ainda possuem diversas dúvidas sobre este tipo de impressão, que promete revolucionar o mercado.

Desde o custo total de uma impressora 3D até a facilidade de utilização e qual o tipo de filamento ideal, é necessário conhecer a tecnologia antes de usá-la da forma correta.

Quer conhecer mais sobre as impressoras 3D e acabar com as suas dúvidas sobre esse assunto? Continue lendo nosso post!

 

Impressora 3D – dúvidas comuns

Algumas dúvidas comuns surgem em pessoas ou empresas que desejam comprar ou já efetuaram a compra de uma impressora 3D.

Estes questionamentos são comuns quando se leva em consideração este tipo de tecnologia e o seu rápido desenvolvimento — permitindo criar um objeto físico com rapidez e precisão a partir de um modelo digital.

 

Quanto custa, em média, uma impressora 3D?

Por estarem em constante evolução e possuir diferentes modelos existentes, o preço de venda de uma impressora 3D varia bastante conforme o detalhamento da impressão e o tamanho do produto impresso.

Alguns modelos mais acessíveis e populares chegam a custar USD$120,00.

No Brasil esse custo aumenta principalmente devido ao custo do frete e dos altos impostos. Alguns sites e redes de varejo possuem diversos modelos que se espelham em modelos fabricados no exterior por valores entre R$2.000 e R$10.000.

Tomadas as devidas precauções com a matéria prima e a qualidade da impressora 3D, podem ser um ótimo ponto de partida para quem quer conhecer mais sobre a impressão 3D.

 

Quanto custam os filamentos de uma impressora 3D?

A matéria prima de uma impressora 3D são os seus filamentos — funcionam como as tintas numa impressora normal. Estes filamentos possuem valores diferentes a depender do tipo de composto utilizado para a sua produção e afetam diretamente a aplicação do modelo a ser impresso.

Os valores dos carretéis com 1kg de material podem variar de R$85,00 a R$400,00 em redes do varejo brasileiro, tanto nas vendas online quanto nas lojas físicas. O importante é seguir a risca o tipo de filamento indicado para a sua impressora 3D e respeitar a capacidade de produção e estocagem do filamento.

 

E quais os tipos de filamentos existentes?

Hoje existem 4 tipos de filamentos principais para as impressoras 3D, que são:

  • Filamento PLA – que é fabricado a partir de fontes renováveis e é considerado um material de fácil impressão e indicado para peças grandes e técnicas;
  • Filamento ABS Premium + – que é um material bastante utilizado na indústria e possui resistência a temperatura e absorção ao impacto, sendo bastante utilizado também pela facilidade do acabamento pós impressão;
  • Filamento PETG XT – considerado como um material nobre (copoliéster), possui resistência mecânica, química e a temperatura, e é considerado um material de fácil impressão.
  • Filamento Flexível Flex – material à base de TPU semelhante à borracha, tem memória eexige um pouco mais de conhecimento para imprimi-lo.

É fácil usar esse tipo de impressora?

Como a impressão 3D permite a fabricação de inúmeros produtos, não existe limite para a complexidade dos objetos impressos. A utilização de uma impressora 3D varia muito do seu modelo, sendo limitado ao que está sendo produzido.

É necessário saber o que se está querendo imprimir para inicialmente decidir sobre o tipo de filamento que irá ser utilizado.

Outro ponto importante são os conhecimentos necessários sobre a utilização dos software de modelagem 3D para a produção dos modelos a serem impressos — que variam de resistência dos materiais e quais técnicas adotar para evitar falhas no produto.

 

Todos os sistemas suportam a impressão 3D?

Como a tecnologia de impressão 3D se encontra mais difundida, os principais sistemas operacionais (Windows, Mac OSX e Linux) já suportam a comunicação com as impressoras de forma nativamente.

Para dispositivos móveis, fica a cargo de cada fabricante de impressora 3D de ter o suporte específico.

 

Que tipos de objetos podem ser impressos?

As limitações para a impressão 3D estão diminuindo a cada dia. Hoje a maior impressora 3D permite objetos com um tamanho máximo de 60x60x60 centímetros e essa limitação tem a tendência de diminuir cada vez mais.

Outro ponto importante é sobre a característica do objeto. Alguns questionamentos estão sendo levantados como a impressão de impressoras 3D e a impressão de armas de fogo — o que exige cuidado e gera bastante discussão sobre o assunto afim de evitar problemas futuros para a tecnologia.

 

Saiba mais sobre impressora 3D!

Quer saber mais sobre impressão 3D e sobre outros pontos importantes para quem está pensando em adotar ou já adotou este tipo de tecnologia no seu dia a dia? Assine nossa newsletter e acompanhe nosso conteúdo exclusivo!

    X
    É um prazer tê-lo na 3D Fila
    Seja bem-vindo!
    WooChatIcon 0