tipos de filamentos 3d

Saber quais tipos de filamentos 3D escolher, dentre as diversas opções disponíveis, pode ser um grande desafio quando se quer abrir as portas para esse imenso universo de utilizações que vem junto com uma impressora 3D.

A abundância de opções de filamento 3D permite que a sua utilização seja totalmente específica ou genérica, de acordo com o tipo de peça produzida. 

Além dos filamentos comuns termoplásticos como o PLA e PETG, um filamento 3D pode ser de nylon, policarbonato, fibra de carbono, polipropileno e muito mais.

Um guia dos 24 tipos de filamentos mais populares para impressoras 3D é o material que você precisa para conhecer um pouco mais sobre o mundo da impressão 3D. 

Continue acompanhando o nosso guia e saiba mais! 

Os 25 tipos de filamentos 3D para impressoras 3D

Dentre os 25 tipos de filamentos 3D existem algumas categorias, como os básicos, os exóticos ou recreacionais e até os de uso profissional e que produzem peças com um nível diferente de sofisticação. 

PLA

O PLA é considerado como o mais famoso dentre os filamentos disponíveis para impressão 3D, sendo fácil de imprimir e possuindo uma temperatura de impressão mais baixa do que o ABS, seu outro colega famoso.

Além disso, não necessita de uma base de aquecimento e não produz cheiro ruim durante o processo da fabricação por ser um termoplástico biodegradável. 

Veja o PLA Basic
Veja o PLA Easyfill

ABS 

Este é considerado como o segundo na linha dos filamentos disponíveis para impressão 3D mais famosos, atrás apenas do PLA.

O ABS é considerado como um pouco mais difícil de imprimir e possui comportamento superior ao PLA, com alta durabilidade e capacidade de resistência a altas temperaturas. 

Veja o ABS Premium Cristal
Veja o ABS Premium

PETG, PET ou PETT

Este é o plástico mais utilizado no mundo como o polímero das garrafas de água e é encontrado também fibras de roupa e recipientes de alimento.

O PETG é a variação do filamento 3D que é utilizado no mundo da impressão 3D e possui várias cores, misturas e propriedades. 

Veja o PETG XT

Nylon

O Nylon é utilizado tanto no mundo da impressão 3D quanto no mundo das aplicações industriais pelas suas características como resistência, flexibilidade e durabilidade.

Este filamento 3D permite o tingimento antes ou depois do processo de impressão 3D e um ponto negativo é que pode absorver umidade, o que pode impactar na qualidade da peça final. 

TPE, TPU e TPC

Os elastômeros termoplásticos são essencialmente plásticos com algumas semelhanças e qualidades da borracha, promovendo a capacidade da flexibilidade e durabilidade.

O TPE é uma classe de copolímeros com o TPU e o TPC sendo variações para dar mais rigidez e facilidade na impressão 3D (TPU) além de resistência a exposição química (TPC). 

PC (Policarbonato)

O policarbonato é o filamento de impressora 3D mais forte, extremamente durável e resistente ao impacto físico e ao calor.

Não deve ser confundido com o acrílico ou o plexiglass que estilhaçam – o policarbonato é moderadamente flexível e permite uma dobra até a deformação. 

Madeira

Esse é um dos tipos de filamentos 3D que se encaixam na categoria dos exóticos.

Este filamento 3D não é de fato madeira mas é o PLA infundido com fibra de madeira é uma das mais novas misturas que surgem a todo momento no mundo da impressão 3D e esta pode ter variações de madeira, como o pinho, vidoeiro, cedro e ébano, dentre outros. 

Metal

A impressão 3D de metal também se beneficia da mistura de PLA ou ABS com o pó de metal desejado, conseguindo a aparência e a sensação do metal na peça impressa 3D. 

Condutor

O filamento 3D condutor permite a condução de eletricidade diretamente na peça ou no detalhe que se está imprimindo, melhorando a capacidade de produção de circuitos eletrônicos. 

Os que brilham no escuro

Este é um dos filamentos 3D mais auto explicativos e permitem que materiais fosforescentes sejam misturados com a base de PLA ou ABS para que a peça brilhe no escuro com diversas cores. 

Magnéticos

Além das impressões 3D de metais e as condutoras de eletricidade, as magnéticas vem complementar a gama deste tipo de filamento 3D.

Adicionando ferro em pó as bases de PLA ou ABS, permite-se a aderência de ímãs na peça impressa 3D. 

Os que mudam de cor

Este tipo de filamento 3D muda de cor com base nas mudanças de calor do ambiente ao seu redor e geralmente variam entre duas cores próximas.

São criados a partir de variações do PLA e do ABS. 

Clay ou cerâmica

O clay é uma variação do plástico e vem a partir da junção da argila e do polímero de impressão 3D.

É necessário um cuidado extra ao imprimir 3D utilizando este tipo de filamento 3D, com a manipulação adequada. 

Fibra de carbono

A fibra de carbono consegue reforçar peças produzidas utilizando o PLA, o ABS, o PETG e até o Nylon e resultam em produtos extremamente rígidos e com pouco peso.

Infelizmente podem desgastar o bocal da impressora 3D, mas não poderíamos deixar de fora da nossa lista de tipos de filamentos 3D.

PC / ABS

Esta liga de policarbonato com ABS é conhecido por ser um termoplástico resistente e que combina força, resistência ao calor e flexibilidade de ambos os materiais.

O filamento 3D requer uma preparação antes do processo de impressão 3D, além de altas temperaturas de impressão 3D. 

HIPS

Este é um copolímero que combina a dureza do poliestireno e a elasticidade da borracha, sendo um ótimo material de suporte para as impressões 3D que utilizam o ABS e para as impressoras 3D que possuem extrusão dupla. 

PVA

O PVA é solúvel em água e essa é um dos pontos fortes deste tipo de filamento 3D. Como material de suporte e com uma impressora de extrusão dupla, pode ser combinado ao PLA ou ao ABS – o contrário do HIPS que só pode ser utilizado em conjunto com o ABS. 

Cera (MOLDLAY)

Com o processo chamado de vazamento de cera perdida ou investimento, o molde é impresso utilizando um filamento 3D de cera e depois de alguns passos extras, a peça se assemelha ao latão real, lata ou outro tipo de metal. 

ASA 

Esta é uma das alternativas ao ABS que foi originalmente desenvolvido para ser um material resistente as mais diversas intempéries, sendo forte, rígido e relativamente fácil de imprimir e oferece uma boa resistência aos produtos químicos e ao calor. 

PP 

O polipropileno é resistente, leve, flexível e quimicamente durável para ser utilizado em contato com alimentos e é aí que incluem as suas aplicações. Na impressão 3D é conhecido como relativamente difícil de se imprimir, com deformação pesada e baixa aderência da camada. 

Acetal (POM)

O acetal é conhecido pela sua aplicação como um plástico de engenharia em partes que realizam algum tipo de movimento ou que exigem alta precisão. É utilizado em engrenagens, rolamentos, mecanismos de focalização em câmeras e zíperes. 

PMMA ou acrílico

Este é o material usado como um alternativa leve e resistente ao vidro e a impressão 3D deste material pode ser considerada difícil com uma alta temperatura do bico. 

Limpeza

Este tipo de filamento 3D não é utilizado para produzir objetos em si e sim para realizar a limpeza das extrusoras de impressoras 3D. Sua finalidade é remover qualquer material na extremidade quente que possa ter sobrado das impressões 3D anteriores. 

FPE

Este é um rótulo genérico que se dá a uma combinação de polímeros rígidos e macios que podem ser comparados ao PLA, com maior flexibilidade a depender da relação dos polímeros utilizados. Possui boa adesão de camada e resistência moderada ao calor e aos compostos químicos. 

Temos os tipos de filamentos que a sua Impressão 3D precisa!

Aqui na 3D Fila você encontra os melhores tipos de filamentos 3D para a sua Impressão. Para saber mais sobre cada um deles, você pode acessar nosso site.

Lá com certeza você encontrará as melhores opções!