O Hotend é uma peça responsável pela saída do filamento e é de extrema importância você manter ele alinhado entre suas faces internas. Confira a foto abaixo:

Percebemos que entre a parte aletada e o bloco de aquecimento existe uma peça conhecida como garganta ou heat-sink, esta peça é a responsável por controlar o perfil do filamento. Devido ao ganho de calor, o filamento sofre uma difusividade térmica, onde seu estado sólido começa a se tornar líquido, com uma alta viscosidade com a aparência de emborrachado.

O problema é que a garganta varia o diâmetro de entrada e o diâmetro de saída com intuito de elevar a pressão e manter um fluxo mais uniforme na saída do bico de latão. Porém, caso haja folga entre o tubo PTFE que é responsável por guiar o material do extrusor até o início da garganta do hotend, o filamento pode começar a dilatar nestas regiões, deixando o fluxo totalmente inconstante.

E isto pode gerar a sensação de que o bico de latão pode estar entupido.

A melhor forma de sanar este problema é fazer a extração do conector pneumático (push-fit), aquecer o bico e com algum corpo metálico de diâmetro aproximado do filamento fazer a limpeza da entrada do extrusor e depois inserir o tubo PTFE até a face da garganta, depois basta rosquear o conector pneumático e assim então dar início a um teste de fluidez do filamento.

O teste de fluidez pode ser executado de uma forma simples, basta inserir o filamento em sua impressora, realizar a extrusão com as próprias mãos e analisar se o fio ao sair do extrusor possui um corpo levemente dilatado. Devido a tensão de extrusão gerada pela sua mão ser mais forte que o extrusor, pode promover uma expansão mínima do fio de forma uniforme.

Problema de Calibração da Ender 3

A impressora Ender 3 da Creality é uma impressora FDM (fused deposition material). Uma impressora que trabalha com a deposição de material e, para garantir uma boa qualidade neste processo, é necessário possuir uma mesa de impressão perfeitamente calibrada.

Diferente de outras impressoras, a Ender 3 não possui um sistema de calibração automático, mas possui um sistema de calibração manual extremamente intuitivo e prático onde ela utiliza discos e insere na lixa de eixo de cada disco uma porta que tem objetivo de criar tensões em contato com a mola. 

Essa regulagem manual se torna muito mais duradoura. Diferentemente de calibração automática, este processo é utilizado através de eletrônica como os famosos endstop que possuem uma vida útil baixa.

Para fazer uma excelente calibração em sua Ender 3, recomendamos que, antes de começar a impressão, aperte todos os discos, os deixe bem longe do bico e aos poucos vai aliviando, mas sempre fazendo um rodizio, não trabalhe em cada ponto separado. 

Recomendamos que você imagine um X entre os pontos da mesa e vá aliviando cada ponto devagar e em conjunto até o bico ficar em uma distância razoável entre a mesa. Para saber se a mesa está razoavelmente alinhada, você deve observar três situações: se o perfil de filamento que está saindo do hotend não se encontra muito fino sobre a mesa e nem muito alto. Caso ele esteja alto durante a etapa de preenchimento da primeira camada, você provavelmente irá notar uma distância entre os fios.

Uma outra forma de calibrar a sua Ender 3 seria utilizando o painel LCD, onde o menu possui um guia já bem estruturada para realizar tal tarefa. Abaixo você verá imagens exemplificando o que é uma boa altura de camada e o que não é uma boa altura de camada.

Saiba Mais

Na Impressora 3D Ender 3 podem acontecer problemas. Esperamos que você tenha solucionado os principais deles lendo este conteúdo. Se ainda ficou alguma dúvida, pode deixar nos comentários que responderemos assim que possível.

Outra coisa, se quiser ficar por dentro de todas as novidades do mundo da Impressão 3D, acompanhe o nosso blog. Publicamos conteúdos novos semanalmente!

    X
    Bem-vindo a 3D Fila
    Seja bem-vindo!
    WooChatIcon 0