Os tipos de impressão 3D evoluem proporcionalmente ao desenvolvimento da tecnologia, uma vez que existem diversas maneiras de imprimir através da manufatura aditiva. Estas diferentes formas e tipos de impressão 3D fazem com que a diversidade de produção, acabamento e qualidade do produto sejam um fator que diversifica ainda mais este avanço.

Desde a Fabricação com Filamento Fundido (FDM ou FFF), Estereolitografia e o Polyjet, estes diferentes tipos de impressão 3D promovem diversos benefícios de acordo com as suas características. Alguns são mais comuns, outros mais complexos e específicos, mas todos tem o seu espaço e possuem a melhor forma de aplicação.

Quer saber mais sobre os tipos de impressão 3D e quais os seus benefícios? Continue lendo nossa publicação!

Os tipos de impressão 3D e os seus benefícios

A impressão 3D pode parecer uma tecnologia nova mas já vem sendo desenvolvida a mais de 30 anos. Esse fato faz com que a evolução deste conceito traga consigo também o desenvolvimento de tipos de impressão 3D diferentes, utilizando métodos e técnicas diversas.

Conheça algumas destas técnicas, os seus benefícios e características para a utilização:

Fabricação com Filamento Fundido (FDM ou FFF)

A fabricação com filamento fundido é considerada como a técnica mais utilizada dentre os tipos de impressão 3D. Esta característica se dá pelo fato da sua facilidade na utilização e na abrangência do método, uma vez que o custo para a aplicação desta técnica é baixo.

Esta técnica consiste no aquecimento de um filamento de material plástico, geralmente PLA ou ABS, para que o mesmo fique num estado maleável para a conformação. Após o aquecimento o material é depositado em camadas pelo bico extrusor e a movimentação deste bico nos eixos X, Y e Z é o que dá a forma para o produto impresso.

Este método é o mais utilizado devido a popularização de impressoras de diferentes escalas e preços, permitindo assim que a tecnologia seja difundida ainda mais.

Estereolitografia (SLA e DLP)

Este método possui um fator importante: a qualidade das peças produzidas. É considerado como a mais antiga técnica de impressão 3D e ainda é amplamente utilizada até hoje para a fabricação de peças com um incrível nível de detalhamento.

O custo de produção de uma peça por esse método é mais elevado devido a sua complexidade. Uma impressora 3D que utiliza esta técnica é composta por um laser e um reservatório com resina líquida. Quando o laser atinge a resina no contorno desejado para formar o objeto, a resina se solidifica e cola na camada imediatamente inferior, permitindo assim a manufatura aditiva.

Polyjet

A técnica de impressão 3D Polyjet é a que mais se assemelha à impressão comum de jato de tinta, diferenciando do material que é “jateado” sobre a base da impressora. Camadas de um fotopolímero líquido são jateadas, formando então peças com um incrível qualidade no acabamento final e permitindo utilizar cores e texturas diferentes. O seu preço é considerado alto para a impressão 3D.

Sinterização direta de Metal a Laser (DMLS) e Sinterização Seletiva a Laser (SLS)

As duas técnicas são semelhantes e partem do mesmo princípio de fabricação, a utilização de um laser para fundir as partículas do metal. A diferença fica então no material utilizado, que para a Sinterização direta de Metal a Laser são metais e para a Sinterização Seletiva a Laser são materiais em pó como nylon, fibra de carbono e nylon com fibra de carbono.

Além disso, os lasers também são diferentes:

  • Laser potente chamado de Yb-fibre laser para a DMLS;
  • Laser CO2 para a SLS.

Outro ponto importante que deve ser destacado é o elevado preço de produção para ambas as técnicas, que são mais utilizadas nas indústrias aeroespacial, médica e odontológica.

Quer saber mais?

Além de conhecer sobre a evolução da impressão 3D e dos tipos de filamentos que são utilizados de acordo com a peça a ser produzida, é importante também conhecer os tipos de impressão 3D disponíveis no mercado e os seus benefícios para cada tipo de fabricação.

Continue acompanhando nossas publicações e curta a nossa página no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *